Há dois tipos de animes antigos: os depois da época que anime virou sinônimo de mangá animado e virou o que é hoje, e os antes dessa época, que eram apenas desenhos animados, bem parecidos com os vistos em qualquer outra parte do mundo.

Se você considerar anime como uma animação dos japoneses pelos japoneses e para os japoneses (ou algo parecido, como vários consideram) esse meio teve várias fases e assim as animações mais antigas não são nada como as de atualmente. Elas podem te lembrar uma animação da Disney, da TV Cultura ou até mesmo algumas do Anima Mundi, mas não lembram um mangá.

Assisti alguns dessa época, claro que motivado pelo achievement em um site, mas deu para ver um pouco sobre ela. Assisti em sua maioria obras de um único autor que gostava de stop motion, o que é bem raro nos dias de hoje no que chamamos de anime (mas não na animação brasileira). Também assisti o primeiro anime do estúdio Ghibli, que mesmo naquela época foi bem feito e segue o estilo “não-mangá”, que o estúdio mantém até hoje.

É bom assistir por questão de curiosidade, mas não é porque as histórias são mais antigas que serão melhores, nem tudo no passado era melhor. A animação japonesa pode ter piorado em alguns pontos, por exemplo as animações atuais são bem mais baratas que antigamente, mas foi exatamente isso que permitiu que a indústria crescesse e chegasse a ser o que é hoje, e se não fosse assim as grandes histórias de hoje em dia não seriam criadas.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList