“O que é ser você mesmo?” diz a música. Um calígrafo jovem e com várias vitórias¹ na sua vida vê um de seus trabalhos sendo julgado como “simples demais”, “parece com o modelo mostrado na escola”. Não satisfeito com o que ouvira ele desfecha um soco em cima do senhor que o julgava.

Como uma forma de se redimir ele é mandado para o interior, onde aprenderá a melhorar seus trabalhos e melhorar seu caráter. Lá encontra um ambiente completamente da cidade grande em que morava, com moradores simples e muita criança animada², que o recepcionaram bem.

A casa que ele ficou nessa pequena cidade litorânea era antes o quartel general da turma, não foi por que ele se mudou para ela que deixou de ser. Não por menos o tempo que ele teve como calígrafo não foi o esperado, pois ele acabou mesmo é brincando com o pessoal, repreendendo as vezes, e aprendendo muito com eles.

Por fim essa se torna uma história que mostra as etapas da mudança do jeito de uma pessoa que só se preocupava em mostrar resultados e odiava criticas moldado por uma pequena garotinha que gostava de pegar insetos, anda com uma corda na cintura e ainda estava aprendendo a diferença de ロ e 口.

Nota 1: ultimamente “vitória” é uma palavra que ultimamente ouço com frequência. Podemos dizer que ele teve vários trabalhos reconhecidos como bons.

Nota 2: a Naru é por si própria um ponto positivo forte desse anime, tenha certeza que vai gostar dela.

Nota 3: percebo que tenho a tendência de fazer sentenças longas, tenho que me corrigir quanto a isso.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList