É bem infantil essa história, o que não faz ela deixar de ser interessante: conta a história de uma gatinha que se perdeu da mãe e foi encontrada por uma família que decidiu criá-la. Embora eles não pudesse ter animais onde moram mesmo assim ficaram com ela, que acabou ganhando o nome de Chi.

A gatinha Chi ainda é um filhote, logo tudo é novo para ela. De princípio ela quer por tudo reencontrar sua mãe, ir para casa, mas não demora muito e ela se acostuma, se torna a “Chi, da casa da Chi“. A família que a acolheu é muito divertida: tem o pai, a mãe e o filho pequeno, é o que mais cuida e brinca com ela, embora todos gostem muito mesmo dela.

A família tem uma nova experiência ao cuidar de um animal, logo eles tem que lidar com situações desde a comida dela até como deixar ela sozinha no apartamento sem que ele esteja destruído na volta. Problemas como esse até acabam sendo fáceis exceto que a situação deles é pior: como eles não podem ter animais onde moram tem que ser muito mais cautelosos, disfarçando ao máximo a presença da gata dos vizinhos. Só que ela não quer saber nada disso, ela é uma filhote e só quer brincar e comer.

É um anime com uma centena de episódios curtos, ou seja, é ótimo para assistir nos intervalos, quando geralmente não há tempo para assistir um anime mais longo. Também é bom de assistir com a família, principalmente irmãos mais novos.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList