Colaboração

Mudando um pouco o foco, mas mantendo um pouco da linha da postagem anterior, quero falar sobre colaboração.

Quem viu a última postagem viu as referências bíblicas. Estava pensando: o adorai ― aquele webapp para leitura e apresentação da bíblia e harpa ― está com vários problemas na harpa, a maioria causada pelo OCR.

Fiz o aplicativo para permitir que o conteúdo pudesse ser editado e com o tempo esses erros seriam arrumados… certo? Não! Já foram centenas e centenas de cultos e quando achamos algum erro em um hino ele é quase sempre ignorado.

“Mas ninguém vai parar o culto para corrigir um erro.” é verdade, por outro lado foram vários erros que fizeram o culto parar porque a letra do hino estava errada. Esses erros causam desconfianças e por isso algumas vezes o culto para até quando a letra deles está correta, como em “o ouro do sol nado”.

De qualquer forma eles podem ser corrigidos depois, não é? Mesmo assim não são corrigidos. E, ainda que eu fale do adorai, esse problema também acontece na minha igreja quase todo culto.

Por que ninguém quer gastar dois minutos para corrigir um erro? Esse é um problema cultural do brasileiro? Talvez.

Pense nisso: o Brasil não se sai bem nem na educação e nem na economia, logo não é surpresa que se crie uma cultura que prefere ignorar erros do que gastar tempo corrigindo-os. Por outro lado olhe a Alemanha da qual elogio tanto as legendas: acha que uma cultura como essa existiria por lá?

Gastei um bom tempo para melhorar o sistema de comentários daqui, mas parece que, por causa dessa cultura, ninguém quer colaborar, não quer gastar nem míseros dois minutos para ir a favor ou contra. Apesar disso, como se fosse uma maldição, fofoqueiros ainda acham tempo para suas mentiras.

Espero que essa situação melhore logo.

Deixe um comentário