A primeira vista não deve ser fácil a vida de alguém que tem o poder de ver os espíritos animais. Esses espíritos tem o papel de intermediar humanos e deuses e tem centenas de anos e até alguns poderes. Porém acaba que no final é muito divertido ter eles como amigos.

Essa menina é a sucessora do templo onde mora e por esse motivo tem esse  poder. Como qualquer um que tem poderes que ninguém percebe ela tem alguns problemas com isso: ela só é uma menina normal, afinal de contas, vai a escola (ah, é esforçada) e tem amigas.

Como se não fosse suficiente um garoto de outro templo vai morar com elas já que eles estudarão no mesmo colégio. Ele é um garoto simples, sem muitas palavras, embora seja ótimo em kendo. Também é herdeiro de um templo, logo também está com os mesmos problemas que ela. Ambos tem uma vida divertida (deixando claro, não vá imaginando que vá ser romântica) junto com esses seres animais falantes: raposas, tartarugas e tudo mais.

As raposas são os representantes desses dois templos, são tão importantes que formam o nome do anime. A do templo da menina é uma raposa velha, com diversas experiências de vida, porém preguiçosa até não querer mais. A do templo do garoto é uma raposinha novinha, só algumas centenas de anos de vida, meio irritada e bonitinha (porém que tem hora que parece um menino).

É uma ótima história para aprender um pouco dessa cultura japonesa: os templos, as crenças e um pouco mais (toda vez que vou na igreja lembro desse anime, também me lembro quando vejo as festas de início de ano japonesas).


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList