Kawaii não é uma palavra que representa bem o que kawaii é. Talvez essas garotas que mostrem o que é ser kawaii. Veja a vida diária de um grupo de meninas do primário ( e uma jovem na faculdade ) e reflita sobre o que é ser kawaii.

De fato, o primeiro parágrafo é apenas uma reflexão sobre o primeiro verso da abertura do anime. Podemos mesmo considerar que essas coisinhas fofas do fundamental sejam kawaii sendo que as vezes uma fala a outra que não é (invejosas)?

São sim, principalmente a Anna. Dá até dó, fazem graça do nome dela, é Ana (アナ), um nome até normal mas lembra 穴 (que também pronuncia ana, mas significa buraco). Daí dá para saber o que tem no anime: situações diárias da vida das meninas: elas na escola, elas visitando uma a outra, passeando, brincando.

Ah, não podemos esquecer da irmã mais velha, a jovem que ora está arrumando um serviço, estudando, fumando, bebendo (pareceu um exemplo de pessoa no início, né, mas não é), e colocando um dedo na vida das meninas, ajudando elas nas brincadeiras e tudo mais que uma irmã mais velha faria.

Por que eu assisti isso? Gosto de animes infantis (o japonês é mais simples, logo entendo mais) e porque é bem divertido.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList