MM!

Resolvi escrever um pouco sobre os animes que terminei recentemente às quintas. Já escrevi sobre MM! anteriormente em 2015, então escreverei sobre o que achei deste anime hoje.

Algo não muda, o anime ainda é sobre um garoto masoquista que vai pedir ajuda para em um clube e encontra uma garota que se considera uma deusa e outra que tem androfobia formando um triângulo amoroso sado-masoquista. Se alguém está gostando de Kimokoi da temporada atual por causa das relações sado-masoquistas dos protagonistas MM! é bem parecido.

Uma das coisas que me incomodou quando vi esse anime de novo foi que, agora que a minha visão é completamente diferente, esse anime pareceu ser bem mais sem graça. Em 2015 eu tinha visto cerca de 100 animes, hoje são mais de mil. O anime tem várias referências, mas não acho que a execução delas tenha sido tão boa.

Mesmo assim o anime é bem divertido, a comédia é clichê, mas se você gosta disso é um anime bom. Achei legal ver as várias tentativas da Mio de curar o masoquismo do Sado, na maioria dos casos tentativas completamente doidas, mas algumas eram mais "pé no chão", porém sempre que ela tentava ideias que pareciam que iriam funcionar alguma coisa acontecia. Esses episódios achei mais interessantes.

Um sub-tema do anime são outras pessoas fora do “normal”, como lolicons e travestis. Um dos personagens, por exemplo, meias de uma menina e ficar cheirando. Como se o masoquismo não fosse suficiente… gosta de roubar meias de uma menina e ficar cheirando. Como se o masoquismo não fosse suficiente…

Fico por aqui. Até a próxima postagem!

Publicado em