O Japão descobriu uma entrada para um outro mundo onde há monstros, magia e muito mais. O que resolveram fazer? Chamaram um otaku para converter o povo do novo mundo ao 2D.

Esse otaku, que antes era apenas um qualquer desempregado e que dependia dos pais agora tem uma tarefa: representar o Japão nesse novo mundo e apresentar aos habitantes o que ele mais sabe, animes e mangás.

Claro, não foi uma tarefa fácil: a maioria da população era analfabeta e eles só conseguiam se comunicar usando um sistema meio mágico que funcionava como intérprete. Não dava para arrumar isso para todo mundo, então ele resolveu mandar construir escolas para todo mundo aprender a língua dele, além de ler e escrever, claro.

É bem interessante pois mostra algumas subculturas japonesas: os diversos tipos de animes, as tsunderes e outras deres, zettai ryouki e os pontos positivos e negativos de ser um NEET. Não tem muitas lutas ilógicas e sim de lógica e estratégias. É engraçado, bem comédia, mas é interessante.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList