Ranma é um lutador de artes marciais, um dia visitou a China com seu pai e pegou uma maldição onde vira garota quando molhado com água fria e vira a sua metade garoto quando molhada com água quente.

O anime até não pode ser tão velho assim (1989, decorei por que é um ano histórico) mas esse garoto já tinha um problema: seu pai já tinha arrumado um casamento para ele com a filha de um amigo dele que tem um dojo. Na verdade esse senhor, também lutador de artes marciais do mesmo estilo, tem três filhas, porém das três ele ficou com a que mais odeia homens ( e se comporta como um ). A relação desse casal, que desde o início se inicia de maneira cômica, é muito conturbada: eles nunca se entendem, vivem brigando um com o outro, porém nunca se largam. Bem, é o amor e assim a vida anda.

Porém por que a história é extremamente longa ( e os motivos para isso são razoáveis ) tem que colocar mais problema, e o que esse garoto tem? Diversos outros problemas: pessoas que amam a sua metade feminina, outras noivas arranjadas, diversas pessoas querendo lutar com ele para conquistar as suas noivas, noivas brigando entre si, ele por diversas vezes gostando de ser menina sem admitir isso… é história até não acabar.

Bem, de fato acabou, o último episódio foi ao ar em 2008, um especial que mostra que por mais que seja uma história um tanto clichê e um romance muito enrolado, é ainda algo novo. Curioso é que esse último episódio não chegou a ter nenhuma adaptação para os tempos atuais, por exemplo, ninguém tem celular. É um episódio na qualidade dos dias de hoje mostrando o Japão de 25 anos atrás… parece até Sazae-san.

E terminando essa longa postagem sobre um anime centenas de vezes mais longo ainda: é divertido, não contei nem um pouco dele. Só um pouco longo, já que ele tem o mesmo aditivo do CPII-F-25, só que em uma proporção bem maior.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList