Tags

Tags

Como já disse estou trabalhando para arrumar meus scripts. Já resolvi o problema com a API não-oficial do MyAnimeList mesmo assim quero me livrar dele. Enquanto isso decidi procurar no meio dos meus gists no GitHub um com o CSS antigo da minha lista no MAL.

O gist que eu estava procurando era esse aqui: um estilo simples baseado na abertura temporária da segunda temporada de Oregairu com um easter egg da Holo e estilização de tags que me ajudaram muito na minha organização. Esse estilo trocava as tags por ícones, permitindo que eu pudesse identificar facilmente alguns animes que eu marcava e algumas tags também mudavam a cor de fundo da linha do anime.

Resolvi procurar esse gist porque já faz meses, provavelmente anos, que parei de usar essas tags. O maior motivo para isso é que o AniList não suporta tags da mesma forma que o MAL e para elas funcionarem da mesma forma eu teria que implementar alguma extensão ou cliente que permitisse estilizar as tags usando ícones.

Como estou trabalhando com meus scripts pensei que seria bom eu já preparar eles para no futuro adicionar suporte para trabalhar com essas tags, foi por isso que eu estava procurando o gist. Mas eis que surge um problema:

Esse gist tem quatro anos, a forma que eu assisto anime mudou completamente!

Para deixar mais claro, vou explicar para que eu usava cada uma das tags que aparecem nesse gist e porque hoje elas não me ajudam:

  • “english-subtitles”: antigamente eu via vários animes em inglês e eu marcava esses animes com essa tag, mas hoje em dia eu evito já que cada anime que eu vejo em inglês é uma oportunidade perdida de ver em português e depois reportar os erros que eu encontrar;
  • “hard-to-find”: esses eram os animes que eu não conseguia achar em fansubs. Considerando que estou evitando fansubs e focando nos animes disponíveis na Crunchyroll essa tag perdeu sua utilidade;
  • “live”: esses eram os animes que eu assistia por streams ao vivo. Tem o mesmo problema do “english-subtitles”;
  • “maybe-later”: como podem adivinhar é só uma tag para bagunçar mais ainda a minha lista;
  • “not-fanreleased”: eram os animes que eu não encontrava em fansubs. Claro, essa tag não tem nenhuma utilidade hoje;
  • “official-stream”: eram os animes que eu via em streamings oficiais. Se eu fosse usar essa tag hoje eu teria que sair marcando tudo;
  • “plan-to-rewatch”: eram os animes que eu marcava para ver uma segunda vez. Hoje essa tag não é útil por causa do meu sistema de planejamento baseado em diagramas de Gantt;
  • “raw”: eram os animes que eu via sem legendas. Novamente, é o mesmo problema do “english-subtitles”;
  • “releases-paused” e “source-disappeared”: são similares ao “not-fanreleased”, mas para animes que as fansubs pararam e/ou desistiram;
  • “tv”: são os animes que vi na TV, em canais abertos ou por assinatura. É uma tag que raramente usei já que são poucos animes que passam na TV e quando passam são apenas os que são comercialmente confiáveis, que geralmente não me agradam;
  • “waiting-releases”: outra tag relacionada com fansubs;
  • “wrong-order”: animes que eu vi na ordem errada. É algo que não acontece tanto desde que comecei a me organizar melhor;
  • “next-to-watch”: eram os animes que eu coloquei no “planning” e já tinha colocado no planejamento, por outro lado, assim como o “plan-to-rewatch”, essa tag perdeu sua utilidade justamente com o meu sistema de planejamento.

Algumas das tags talvez ainda tenham alguma utilidade, como:

  • “annoying-lens-flare”: era uma tag que eu usava para marcar animes que eu estava esperando sair uma versão não-censurada por odiar a versão censurada. Se me lembro bem só usei ela uma vez já que não gosto muito de animes que possam ser censurados. Por outro lado ela seria útil se mudasse de nome para algo como “waiting-bd”: esperei um ano para sair o BD de Midara na Ao-chan.
  • “irl-recommended”: eu marcava os animes que alguém que eu conhecia pessoalmente me recomendava. Parece útil, mas dá trabalho: não me lembro de um anime sequer que alguém me recomendou neste ano;
  • “music-caught”: eram os animes que eu decidia ver por causa das músicas. Novamente o maior problema dessa tag é lembrar de marcar isso;
  • “imouto”: é igual ao “irl-recommended”, mas é só para animes que a minha irmã me recomendou. O maior problema dessa tag é que ela não me recomenda animes há muito tempo…

Finalmente a tag “horrible”, fazendo uma alusão àquele grupo, é *praticamente * a mesma coisa que o “official-stream”.

Depois de escrever essa enorme lista cheguei a uma conclusão: não preciso me preocupar tanto com tags. Isso vai simplificar um tanto o código… uma tabela pelo menos.

Bem, essa é uma postagem esquisita. Fiz isso mais para me organizar sobre como vou implementar essas mudanças nos meus scripts. Até semana que vem.

Deixe um comentário