Um jovem fotógrafo vive procurando boas fotos para vender para revistas, só que ele tem um problema: em todas as fotos que ele tira aparecem espíritos, fantasmas e outras coisas paranormais. Um dia ele foi tirar fotos de um castelo antigo e se deparou com algo bem impressionante.

Lá estava ele nesse castelo tirando fotos, claro, ele queria achar uma foto boa que não aparecesse nenhum espírito, mas ele encontrou algo mais interessante do que um espírito: uma garota muito bela que morava naquele castelo e que parece que nunca tinha saído de lá. Mas o que uma garota fazia em um castelo desses? Bem, se me lembro bem ela é uma vampiro ou algo do tipo e quando viu ele resolveu fazer dele o servo dela.

Mas as coisas não deram certo do jeito que ela estava pensando: ele não virou o servo dela. Será que ele é imune a esse tipo de coisa? No fim das contas ela acabou se ligando a ele de alguma forma, saiu do castelo e foi morar com ele.

Bem, aí ela morando com ele começou uma mania de ficar usando tiara de gatinho e fazer coisas fofinhas o que me faz lembrar da abertura que é “Neko-mimi mode”, ou seja, “modo de orelhas de gatinho”, que embora seja uma música muito bonitinha (e que gosto de ouvir quando quero ficar com sono) a letra dela tem uma complexidade que dá inveja a muito cantor de música sertaneja.

Logo o que quero dizer que o que me fez assistir isso foi a música de abertura. A música de encerramento - se me lembro bem - é em francês em alguns episódios (e eu não entendo praticamente nada de francês) e em japonês em outros. A história é essa coisa confusa. A animação é da Shaft (aquela empresa que provavelmente no passado foi um escritório de arquitetura que brigou com a física e resolveu fazer anime).


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow AniList