Um olhar para o passado

Enquanto organizo o que vou assistir não posso deixar de pensar no longo caminho que percorri. Para isso eu criei várias páginas que mostram estatísticas. Por outro lado em setembro a terceira versão API do Google Planilhas vai parar de funcionar e com isso vou precisar de reescrever essas páginas. Já que vou ter que fazer isso quero aproveitar enquanto elas ainda funcionam e falar um pouco delas.

Claro, as minhas estatísticas são uma bagunça. Uma das que eu mais gosto é essa:

Fazer um diagrama desses é bem fácil: só pegar a data de início e a data de término de cada anime e jogar em uma linha do tempo. Eu gosto desse diagrama pois dá para notar claramente os momentos que mudei a minha forma de assistir animes:

  • Até 2017 eu não tinha muita organização e por isso eu deixava vários animes pela metade por meses ou até anos. Nagi no Asukara, por exemplo, demorei dois anos para terminar. No final deste período resolvi pegar a minha lista, ver o que eu tinha pausado e terminar, o que acabou criando um buraco nesse diagrama.
  • Desse momento até metade de 2018 os únicos animes que demorei muito foram os que eu tive alguma dificuldade para assistir. Gyakuten Saiban e High School Fleet foram dois animes que comecei em fansubs e terminei assistindo na Crunchyroll. Eu pensava que era melhor esperar elas, até que descobri que a CR não era tão ruim quanto elas falavam, ou melhor, descobri que a CR era melhor que elas. Novamente peguei o que eu tinha pausado e resolvi terminar, criando outro buraco.
  • Com isso, da metade de 2018 para frente foi o momento que descobri a CR e resolvi ver um monte de animes deles. A quantidade de linhas aumentou muito. Dá para notar claramente que isso continuou por duas temporadas até mais ou menos abril de 2019.
  • De abril de 2019 até fevereiro eu estava evitando ver animes da temporada. Parte do motivo disso era influência de uma amiga minha, outra parte por raiva. Nesse período, como eu estava seguindo apenas o meu planejamento, não há quase nenhum espaço entre os animes no gráfico: imediatamente quando termino um anime já começo outro, exatamente como planejado. No início a quantidade de linhas caiu muito, mas depois foi aumentando aos poucos.

Um outro gráfico interessante é o das notas:

O pico em 2015 foi porque eu tinha resolvido pegar a lista de animes mais bem votados do MyAnimeList e tentar ver o máximo que eu podia. Da mesma forma no final de 2017 eu tinha resolvido pegar um monte de animes - se me lembro bem - velhos e curtos para conseguir alguns números para aquele site de estatísticas do MAL.

Só agora, enquanto escrevo isso, notei que há mais dois picos justamente durante aquelas duas temporadas quando resolvi ver um monte de animes na Crunchyroll. Provavelmente eu estava gostando demais de poder ver tantos animes. Foi justamente nesse período que estava saindo vários animes com aberturas traduzidas na CR e quando isso acontece fico com vontade de dar uma nota maior.

Os outros gráficos são uma bagunça, tenho que pensar em um jeito de melhorá-los. E por hoje é só. Se quiserem me adicionem como amigo aqui. Até semana que vem.

Deixe um comentário