Esse é difícil, não por que eu não tenha o que falar, mas é por que é um dos melhores que tem. É uma história dramática, com um roteiro bem definido e organizado, com fortes emoções porém não deixando de ser divertida e criativa.

Tudo começa quando o cientista maluco Okabe ( também chamado de Okarin, Hououin Kyouma, etc ) faz um laboratório onde é estudado dispositivos futurísticos. O integrante um é ele, a dois é sua amiga de infância Mayushi, o três é o Daru, um hacker ( ou hacká ) também amigo dele, e outros integrantes vão se juntando com o tempo.

Juntos eles conseguiram fazer alguns dispositivos, a maioria aleatórios, como por exemplo uma geladeira super rápida usando diversos ventiladores e coisas assim, porém a história desse laboratório mudou quando eles resolveram misturar um celular com um micro-ondas. De princípio parece uma ideia boa, principalmente para quem tem uma rotina muito apertada, só que acontece que eles cometeram um erro de projeto que vai além da ciência.

Quando eles estavam fazendo os testes do novo dispositivo futurístico que fizeram usaram as bananas que a Mayuri tinha levado de lanche. O surpreendente é que uma hora o micro-ondas congelava as bananas, outra hora transformava elas em um gel verde, e ninguém entendia nada. Quanto iram testando o Orarin foi abrindo o bocão dele e fazendo que estava fazendo para quem ele acharia que poderia ajudá-lo.

A coisa que passou tempo e a situação complicou, talvez por que ele não devia ter revelado aquelas coisas. Mas a coisa, e isso eu não quero contar agora, é por que ele tinha feito uma descoberta cientifica sem precedentes. Logo é lógico que as maiores empresas do mundo iriam atrás dele e de seus colegas de laboratório.

Notem que eu, na verdade, nem contei o início real da história, quando ele e a Mayuri vão a uma convenção e ocorre algo grave lá, porém não quero estragar o drama. Bem, como é muita coisa e quero continuar quem saber da história continue lendo:

Bem, já que você continuou é que você sabe da história, logo posso dispensar os detalhes:

Suponho que já saiba que o Okabe é doido, ama a Cris e já passaram por eventos difíceis na vida ( e no jogo ). Talvez concorde que é uma história que dá vontade de ver o próximo episódio e mesmo que as coisas pareçam que só estejam piorando há a esperança que tudo se resolverá no final.

Esperança que é concretizada, não uma só vez, porém sempre que ela se concretiza um segundo depois as coisas são errado, ou ao menos uma porta para o erro é aberta, porta qual é aproveitada em uma continuação. Obviamente que é uma história que prende a atenção e isso seja um dos motivos que levou a ser tão boa, porém não seria só por isso.

Tanto no jogo quando no anime não podemos discordar que ele tenta seguir a realidade, não a verdadeira porém uma paralela que se assemelha bastante a real. Buracos de minhoca, colisores de partículas, todas as diversas teorias de viagem no tempo e outros assuntos que intrigam a qualquer um são colocados em pauta na história. Havendo o elemento fantástico porém esse não fugindo muito da realidade, auxilia a imersão na história. Porém não é só isso.

Não podemos discordar o lado emocional do herói ( ou até poderíamos dizer anti-herói ): concedendo desejos aos seus amigos, salvando a Mayuri da morte quase inescapável, para tanto salvando a Moeka da vida sem sentido dela, tendo que ver o desejo de duas de suas amigas se desfazerem por uma vida e finalmente o seu grande amor morrer, de novo, em sua frente. Certamente não é qualquer um que faria isso, porém só poderia ser alguém tão doido como o Okabe para tal façanha. Uma mistura de desespero com ideias geniosas resultando em tais resultados.

Ainda não podemos descartar ainda a cobertura do bolo, isso seria todo o aspecto artístico envolvido, tanto no jogo quando no anime, representado pelo desenho bem feito e principalmente as músicas que se relacionam bem com a história. Hacking to The Gate, por exemplo, mostra a relação das pessoas ( e principalmente o Okabe ) em relação ao tempo, só podendo reclamar do passado e chorar pelo futuro o qual ele não pode mudar, e finalmente preso em um loop temporal tentando fugir dessa realidade.

São diversos aspectos que tornam essa história boa, mas não acho que eu tenha acertado os pontos corretos e nem tenho nem experiência sem palavras para conseguir acertá-los. Posso assistir de novo ( e isso é algo que estou planejando ) e mesmo assim ainda haverá o que ser dito. Que drama!


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList