Cidades dominadas pelo medo contra parasitas chamados gástrea, os quais atacam pessoas para assim aumentar a população deles. São classificados em diversos níveis e os mais altos são extremamente difíceis de serem destruídos, embora sejam raros.

Para ajudar há um material que eles não suportam por isso ele usado para proteger as cidades impedindo que eles entrem, quase que formando fortalezas mordernas. Ainda, caso entrem, algumas crianças que foram parcialmente contaminadas por eles e conseguiram poderes resolvem o problema lutando contra eles junto de ajudantes “humanos”.

Só que essas crianças, surpreendente mesmo que elas sejam de grande ajuda para a sociedade são mal vistas por ela. São deixadas de lado, vivem aos trapos e mal conseguem uma escola para aprenderem. Independente se lutam ou não contra os gástrea, ou mesmo se são exatamente iguais a qualquer pessoa, são frequentemente classificadas como “não-humanos” e não conseguem se adaptar a sociedade normal. Algumas chegam a viver como se fossem objetos, armas com o único objetivo de eliminar os gástrea.

É uma história de tempos de guerra, caótica e que tem o fator estranho de “elas podem nos ajudar, porém as odiamos pois elas tem um pé no inimigo”. Posso dizer que fui influenciado por outras opiniões sobre esse anime, porém não posso ir contra ainda mais por que não me lembro no exato momento algum ponto positivo forte. Quem sabe eu refaça esse texto no futuro.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList