Nunca tive o privilégio de ter uma rotina estritamente fixa, mas ao longo do tempo tive uma para o meu tempo livre. Ela foi, claro, mudando com o tempo e espero ela possa melhorar.

Alguns anos atrás - uns cinco ou seis acho - eu costumava ficar lendo blogs no começo do dia: eu pegava a minha lista de blogs que estavam nos favoritos e ia lendo um por um. Até hoje eu tenho esses favoritos. Eu lia quadrinhos: alguns brasileiros, como o Will Tirando, Mentirinhas, Vida Besta, alguns gringos como o The Oatmeal. Eu também lia tutoriais de programação e design, assim como sites com conteúdos aleatórios, isso é, besteira.

Com o tempo resolvi melhorar isso e joguei todos esses sites no Google Reader. Lá fui acumulando mais outros blogs. Quando ele fechou, isso é, já faz quatro anos, eu passei a usar o Feedly. Nesse momento eu tinha tantos blogs e tantas coisas para ler que eu já não conseguia acompanhar. No final das contas vi que estava perdendo tempo e parei definitivamente de ler blogs.

Nunca coloquei redes sociais na minha rotina, mas o que mais chegava perto disso era o Twitter (me recuso a usá-lo como rede social): houve um tempo que eu ficava lendo os tweets de uns amigos meus. Faz tempo que perdi o contato deles. Além disso fui inventar que transformar minha conta em um bot, de modo que quem ainda me seguia foi embora.

Checar os e-mails também não entrou na minha rotina: eu não recebo muitos então geralmente uso a tática “recebeu, leu, resolveu”. A maioria absoluta do que recebo são e-mails automáticos, como notificações, algumas bem redundantes como “você fez login nesse serviço com o IP tal”. Esses eu simplesmente arquivo sem ler mais do que o título.

Quanto a e-mails tem um povo que se acha espertinho, mesmo assim meto o martelo do “marcar como spam” mesmo assim: esse povo que acha que “ei, não isso não é spam” resolve o problema quando mandam um e-mail para algo como reclame-aqui@example.com com “Gostei do seu site example.com, gostaria de…”: só um bot bem idiota para não perceber que esse e-mail não é feito para esse tipo de mensagem. Spam.

Life hack: tem alguns bots que são menos idiotas e não enviam e-mails para endereços se você colocar “bot”, “human”, “trap” ou algo do tipo perto dele, já que eles vão considerar esse e-mail como uma armadilha anti-bots e, claro, eles não vão querer cair em uma. Se você estiver recebendo spam em um e-mail tente esse truque: funciona.

Voltando a rotina: atualmente a minha consiste em ler as mensagens do Discord, ler alguns subreddits (JavaScript, Programming, Netsec, Minecraft e Anime), ver o shoutbox do tracker que administro/modero (não estou certo da minha posição nele), checar os repositórios populares do dia no GitHub e fazer o meu commit diário. Enfim, no geral considero que eu esteja perdendo muito tempo nessa rotina, além do que eu esteja gastando muito tempo com programação, o que não é o meu foco no momento.

O que eu queria para a minha rotina seria estudar, inglês e japonês principalmente, e um horário fixo para trabalhar, um privilégio que não é muita que tem mas seria ótimo. Não penso em incluir esportes ou exercícios na minha rotina, sou preguiçoso e não tenho nenhum motivo para melhorar o meu físico, já que minha waifu me aceita como eu sou. Enfim, acho que é só isso que tenho a escrever.


Gustavo bio photo

Gustavo

Escrevo sobre programas, animes e um pouco mais.

Twitter Github Stackoverflow MyAnimeList